×

| PT | EN | ES

Nichos e prateleiras levam praticidade e beleza para todos os ambientes

por Nadia | Arquitetura, Design | 10/02/2022




SCA Jardim Europa orienta onde utilizar, de acordo com o estilo e as demandas do morador e compartilha inspirações executadas pela marca.

 

Prateleiras e nichos são daquelas soluções da arquitetura de interiores que se configuram como escolhas acertadas e infalíveis para conquistar um décor organizado. Seja para abrir um espaço novo, aproveitar um cantinho que, na prática, não caberia um móvel tradicional, economizar preciosos centímetros no cômodo ou mesmo para viabilizar uma atmosfera mais leve e contemporânea.

Embora com conceitos semelhantes, Karina Alonso, arquiteta e diretora comercial da SCA Jardim Europa, marca especialista em mobiliário com endereço em São Paulo, explica que as diferenças entre prateleiras e nichos devem ser analisadas para escolher aquele que melhor se enquadra no espaço. “Nichos trazem um atributo mais fechado, enquanto as prateleiras se destacam pelo visual mais linear que proporcionam aos ambientes”, explica. Ainda de acordo com a especialista, tanto um, como o outro, não dispõem de contraindicação: podem ser incorporados em todos os ambientes residenciais e corporativos, sem exceção. “Desde as áreas sociais, banho, cozinha, home office e até a varanda. O importante é que os materiais escolhidos dialoguem com a proposta decorativa do ambiente”, revela.

 

Diferença entre prateleira e nicho

Nas suas diferenças, em linhas gerais os nichos apresentam formas e bordas fechadas que propiciam um apoio para as peças dispostas. No tocante à forma, a criatividade do projeto pode trazer figuras geométricas como quadrados, retângulos, círculos e até triângulos, que podem ser instalados sozinhos ou em combinados assimetricamente – ou não.

 

Mais tradicionais, as prateleiras são lineares, não possuem fechamento e são extremamente versáteis, podendo tanto incorporar a decoração de uma parede, como aproveitar pequenos espaços, como o vão entre uma laje ou forro, que pode abrigar itens menos utilizados pelos moradores.

Materiais

A escolha do material e o acabamento acompanham os demais elementos que farão parte da composição do cômodo. Mas junto com estética, deve-se considerar também a finalidade para seu uso, tanto do nicho, quanto da prateleira. “Estimar o peso é primordial. Para uma prateleira com um volume expressivo de livros, não podemos usar um mesmo material que receberá poucas ou peças leves”, relata Karina.

 

A multifuncionalidade da madeira – natural, em folhas ou em MDF, entre outras versões –, costuma ser a mais adotada por propiciar uma ampla gama de acabamentos, espessuras e volumetrias, além de compor com outros materiais, como a serralheria. Na execução do nicho ou da prateleira, a marcenaria pode se fazer valer do portfólio de cores e estilos, bem como atribuir as dimensões que atendam as particularidades do projeto.

Nichos e prateleiras em todos os ambientes de casa


– Na cozinha:

Em nichos para a cozinha, o planejamento é primordial e deve acompanhar as intenções do morador. Caso a intenção seja ter os temperos em um acesso rápido às mãos, as prateleiras precisam ter em ter 10 a 15 cm. Para a colocação de acessórios maiores, como panelas e eletrodomésticos, a profundidade sugerida é entre 35 e 40cm.

– No banheiro:

Normalmente, o banheiro não demanda a exposição de objetos profundos ou em lugares baixos. Por isso, é possível trabalhar com 10 a 12 cm de profundidade, tanto para prateleiras como nichos. Considerando a possibilidade de utensílios maiores, considera-se uma largura de 15cm e altura máxima de 30 cm.

 

– Na sala, dormitórios ou varandas:

Se pensarmos em um espaço para livros em um dormitório, sala ou um corredor, 25 cm de profundidade costuma ser suficiente. Contudo, pode acontecer que o morador tenha, em sua coleção, livros de arte que são maiores e mais pesados. Com relação à altura, a referência gira em torno dos 35cm, mas a observação do profissional de arquitetura é que definirá a necessidade de nichos e prateleiras com espaçamento superior ao indicado.

 


Deixe um Comentário